sexta-feira, 22 de agosto de 2008

São João del Rei / MG



São João del Rei é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Pólo do Campo das Vertentes, a cidade possui bastante destaque em relação a sua região principalmente na saúde, educação e economia.



A cidade tem entre seus filhos ilustres o presidente eleito do Brasil Tancredo de Almeida Neves, Cardeal Dom Lucas Moreira Neves, Otto Lara Resende, Padre José Maria Xavier (um dos maiores compositores sacros do Brasil), Francisca Paula de Jesus (a "santa" Nhá Chica, nascida em 1808 no distrito são-joanense de Santo Antônio do Rio das Mortes Pequeno e que está prestes a ser canonizada pelo Vaticano), dentre outros.



A cidade possui atuante Instituto Histórico e Geográfico (fundado em 1970), Academia de Letras, além do Rotary Club e Lions Club.



O Arraial Novo do Rio das Mortes, que deu origem à cidade, foi fundado entre 1704 e 1705. A região já era ocupada desde pelo menos 1701, quando Tomé Portes del-Rei se estabeleceu na região do Porto Real da Passagem (hoje nas proximidades do bairro de Matosinhos em São João del-Rei e no bairro Porto Real em Santa Cruz de Minas).



Entre 1707 e 1709 o Arraial se tornou um dos palcos da Guerra dos Emboabas, um conflito armado que também alcançou vastas regiões de Minas Gerais: principalmente as do Rio das Velhas (Sabará), Rio das Mortes (São João del-Rei) e Vila Rica (Ouro Preto). Nas proximidades de São João del-Rei, durante a guerra, pode ter ocorrido um episódio obscuro conhecido como Capão da Traição.



Em 8 de dezembro de 1713 o arraial alcançou foros de Vila com o nome de São João del-Rei, clara homenagem a D. João V, passando a ser a sede da recém criada Comarca do Rio das Mortes.



O ouro, a pecuária e a agricultura permitiram o desenvolvimento e progresso da vila, elevada à categoria de Cidade a 8 de dezembro de 1838.



Instituições culturais

Associação Sanjoanense de Preservação e Estudos Ferroviários (Aspef)
Centro de Referência Musicológica José Maria Neves (Cerem)
Orquestra Ribeiro Bastos
Orquestra Lira Sanjoanense
Banda "Theodoro de Faria"
Biblioteca Municipal "Baptista Caetano d'Almeida"
Academia de Letras de São João del-Rei
Theatro Municipal
Museu Regional - Iphan
Arquivo Histórico da Comarca do Rio das Mortes - Iphan
Centro de Memória Ferroviária
Museu do Estanho John Sommers
Museu Municipal Tomé Portes del-Rei
Museu de Arte Sacra (fechado desde 1999)
Museu da Força Expedicionária Brasileira (FEB)
Memorial Presidente Tancredo Neves
Memorial Dom Lucas Moreira Neves
Museu Estação dos Sinos (sem previsão de inauguração)
Irmandade do Santíssimo Sacramento
Irmandade de São Miguel e Almas
Irmandade de Nosso Senhor dos Passos
Arquiconfraria de Nossa Senhora das Mercês
Confraria de Nossa Senhora do Rosário
Confraria de Nossa Senhora da Boa Morte
Venerável Ordem Terceira de São Francisco de Assis
Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Monte Carmelo
Irmandade de São Gonçalo Garcia
Escola Operária
Resistência Cultural
CSM (Centro Sanjoanense de Montanhismo) www.csmont.rg3.net











Patrimônio histórico
A cidade de São João del-Rei possui vasta herança patrimonial, tanto de "pedra e cal" quanto bens intangíveis.

Bens tangíveis
As várias épocas: Andar por São João del-Rei hoje, é fazer uma caminhada pelo tempo pois a cidade não se resume apenas no estilo colonial, é possível encontrar diversos estilos arquitetônicos, desde o barroco até os atuais com grandes edificações.

















































TAM que o filho é teu! e FREEDOM SHIP, um sonho



Toma que o filho é teu, a música com esse título fez muito sucesso no passado.

Hoje, por aqui, estão cantando diametralmente o oposto, ou seja: -“Dá aqui, que o filho é meu!” Várias paternidades para um filho só é o que está ocorrendo com o Hidroavião Jahú.

A decisão poderá vir de um Fórum próximo da capital, mas como, ultimamente, algumas decisões dos nossos juízes não tem sido do agrado do povão... Sabe-se lá...

A família do famoso aviador João Ribeiro de Barros briga para ter a posse da aeronave, agora bem restaurada. Uns dizem que ele ficará numa sala de jantar, outros que ficará no jardim mesmo. Mas isso não importa.

A Fundação Santos Dumont também quer o referido patrimônio, o mesmo que já esteve em seu poder e que consta ter havido mínimos cuidados com esse verdadeiro patrimônio nacional.

Nos bastidores, os lobistas da Tam brigam para levá-lo para o seu museu em São Carlos. Não sabemos qual ligação teria a Tam com o hidroavião Jahu. Até porque o nome original da Tam é: “Transportes Aéreos Marília” e nós estamos falando de Jaú que é uma outra cidade. A citada companhia aérea poderia, isso sim, ter escolhido um nome melhor para o seu museu em vez de disputar algo que não lhe diz respeito, perdoem-nos a franqueza.

O Conselho de Preservação do Patrimônio Cultural firma posição por sua presidente, Lucy Rossi, que diz: -“Decidimos pelo tombamento como uma forma de garantir a integridade do Jahu”. Por seu turno, a Prefeitura de Jaú entrou na justiça. Quer desapropriação do hidroavião.

E o Condephaat firmou pé na questão através do seu presidente, Adilson de Abreu, ao afirmar: -“O órgão só irá autorizar a saída do hidroavião do Helipark, onde está, quando a sua posse estiver definida”.

Respeitando a posição que cada tem o direito de ter, este escriba sempre se colocou ao lado da cidade de Jaú imaginando que: “se João Ribeiro de Barros optou pelo batismo da sua obra com o nome de Jahú foi porque ele explicitamente desejou vincular seu hidroavião àquela cidade”. Não precisamos, aqui, acrescentar mais nada.

Porém, se quisermos trazer o assunto para os interesses do Turismo, principalmente o Turismo nas cidades do Estado de São Paulo, então podemos dizer que São Carlos não precisa de tal reforço entre os seus inúmeros atrativos já existentes e os quais temos aqui enaltecido.

Como arremata Lucy Rossi: -”O ideal é trazer o JAHU para Jaú, pois assim teremos um ‘Corredor da Aviação Brasileira’ com as cidades de Pirassununga, Gavião Peixoto, São Carlos, com o ‘Broa Fly-in’ e Jaú com o Museu João Ribeiro de Barros”. Todas importantes no contexto aeronáutico brasileiro. Portanto, o Jahu só pode ficar em Jaú!

Link para imagens de um passeio HI-TEC (de barquinho):
http://www.4shared.com/document/arIntYOE/Freedom_Ship.html

NORWEGIAN Cruise Line

Receba um crédito a bordo de até US$ 500 e faça seu cruzeiro ainda mais divertido. Reserve agora e você ainda poderá fazer um depósito de apenas 50% do valor solicitado.

É a promoção da semana da NCL. Seu crédito a bordo pode ser usado em tratamentos do spa, cassino, excursões e muito mais. O depósito do cruzeiro pode ser reduzido em 50%, apenas para as reservas feitas esta semana.



Aproveite todas as nossas inovações a bordo, que inclui:
Opções de pratos com Lagosta todos os dias (em pelo menos um restaurante do navio), as mais confortáveis camas para um sono tranqüilo, jogos Wii em telas gigantes, uma exclusiva variedade gastronômica em 12 restaurantes a bordo e muito mais.






Solicite nosso caderno através de info@ncl.com.br ou entre em www.ncl.com.br/tarifario. ATENDIMENTO A EXCLUSIVO AGÊNCIA - Firstar Representações (11) 3253 7203
VEJA ALGUMAS SUGESTÕES DE ROTEIROS:
Alasca
Norwegian Star - Saída 9Maio - Cabine com Varanda - a partir de $ 959,00
Norwegian Pearl - Saída 17Maio - Cabine com Varanda - a partir de $1059,00
Norwegian Sun - Saída 17Maio - Cabine com Varanda - a partir de $ 859,00
Europa
Norwegian Gem - Saída 3Maio - Cab. c/ Varanda - a partir de $ 1039,00 - Mediterrâneo
Norwegian Jewel - Saída10Maio - Cab. c/ Varanda - a partir de $1639,00 - Capitais do Baltico
Norwegian Jade - Saída 13Junho - Cab. c/ Varanda - a partir de $ 2049,00 - Cabo Norte
Norwegian Jade - Saída 09Outubro - Cab. c/ Varanda - a partir de $ 1859,00 -Egito e Ilhas Gregas
Norwegian Jade - Saída 21Outubro - Cab. c/ Varanda - a partir de $ 2049,00 -Egito e Ilhas Gregas
Caribe
Norwegian Jewel - Saída 1Março - Cab. c/ Varanda - a partir de $ 579,00 - Caribe Oeste
Norwegian Pearl - Saída 1Março - Cab. c/ Varanda - a partir de $849,00 - Caribe Oeste
Norwegian Jewel - Saída 6Junho - Cab. c/ Varanda - a partir de $ 1219,00 -Caribe Sul

Código da Tarifa: PGWAVE. O pagamento reduzido do deposito é valido apenas para as saídas que estão fora do prazo de pagamento integral, ou seja, com mais de 80 dias antes do embarque. A redução de deposito é valida para reservas feitas até 16jan2009. A redução do depósito regular que consta nas condições gerais de nosso tarifário. Não é valido para pagamentos parcelados. Deposito reduzido é válido para cabines internas, externas, varandas, mini-suites, penthouses e Romance Suite. Não se aplica a Garden Villas, Courtyard Villas e Owner's Suites.
A promoção de crédito a bordo se encerra em 1fev2009. O crédito a bordo é por cabine, baseado no preço e categorias reservadas e será aplicado para o 1º e 2º ocupantes de cada cabine, conforme segue: Saídas selecionadas com duração de 3-5 Noites: $30 Interna; $40 Externa; $80 Varanda; $100 Mini-Suite; $150 Suites e Villas. Saídas selecionadas de 6 noites ou mais: $50 Interna; $100 Externa; $150 Varanda; $300 Mini-Suite; $500 Suites e Villas. Categoria AE no Norwegian Sun e Pride of America recebem $300 de credito a bordo. Roteiros de 1- e 2-noites não participam da promoção. Oferta se aplica a novas reservas individuais e não se aplica para grupos. Singles que tenham a tarifa de 200% participam da promoção. O crédito a bordo não pode ser trocado em dinheiro e não é transferível. Esta oferta não pode ser combinada com os programas de Tarifas Reduzidas da NCL. Preços dos cruzeiros apresentados são por pessoa em dólares americanos, baseado em ocupação dupla e sujeitos a confirmação. Taxas portuárias e de serviço não estão incluídas. As taxas de serviço são debitadas a bordo, no valor de US$ 12.00 por dia, por pessoa. Ofertas controladas de acordo com a disponibilidade e podem ser suspensas sem aviso prévio.



JcSHOW

Seguidores

Onde está o rei!

JC no Youtube

Loading...

No you, it´s 4shared