terça-feira, 5 de julho de 2011

Piramides em Visoko (Bósnia-Herzegovina)

A cerca de 30km de Sarejevo encontram-se as primeiras Pirâmides da Europa são as chamadas Pirâmides Ocultas. Estas pirâmides foram, segundos os indícios, construídos entre 12.000 AC e 500 AC, altura em que nessa zona habitavam os Ilirios e encontram-se atualmente "escondidas" dentro de uma montanha. A primeira pirâmide a ser "descoberta" tem cerca de 650 mt de altura, uma plataforma no topo, inclinação de 45 graus e encostas a apontar para os pontos cardeais, tais como as pirâmides da América Latina dai ter recebido o nome de Pirâmide do Sol.

A onda de calor que atinge a Bósnia não conseguiu impedir que dezenas de pesquisadores dêem prosseguimento às escavações no sítio arqueológico de Visoko, a noroeste de Sarajevo, em busca de pirâmides. O arqueólogo Semir Osmanagic, um jovem pesquisador e empresário que vive entre Houston, nos Estados Unidos e a Bósnia-Herzegovina, afirmou pela primeira vez há três anos que perto de Visoko há até quatro pirâmides: do Sol, da Lua, do Dragão e do Amor.

"São objetos colossais que, com certeza, foram construídos por uma civilização mais desenvolvida que a nossa", disse Osmanagic à Efe, apontando para uma colina de formato triangular, que supostamente cobre a pirâmide do Sol. "Os blocos que formam a pirâmide pesam entre 7 e 8 t, e há alguns com 23 toneladas", assegura. Aos pés do monte, as escavações, iniciadas há mais de um ano, revelaram um caminho de grandes lâminas de pedra, ajustadas com precisão, e um túnel, de 150 metros de comprimento, que leva em direção às pirâmides do Sol e da Lua. Segundo a hipótese de Osmanagic, o complexo piramidal se comunica por uma rede de túneis subterrâneos, de uma superfície de entre 25 e 30 quilômetros quadrados.

Os arqueólogos descobriram também grandes rampas de pedra ao pé de duas colinas, que correspondem às pirâmides do Sol e da Lua, que, segundo Osmanagic, "deve ser obra humana". O pesquisador e seus auxiliares não sabem explicar quem construiu as pirâmides nem quando, mas Osmanagic considera que foi há 12 mil anos. Esta afirmação levantou dúvidas entre historiadores e arqueólogos bósnios. "O complexo das pirâmides é similar aos do Peru, do México e da Bolívia", afirma Osmanagic, que recentemente visitou os templos pré-hispânicos peruanos do Sol e da Lua, nas proximidades de Trujillo. Osmanagic explicou que em todas as estruturas piramidais há a pirâmide do Sol; o dragão, que deu o nome da outra pirâmide de Visoko e significa a sabedoria e a inteligência, enquanto a pirâmide do Amor só existe na Bósnia.

Se as escavações não conseguirem convencer os céticos de que os arredores de Sarajevo guardam o segredo das primeiras pirâmides européias, pelo menos trouxeram progresso a Visoko, uma cidade de apenas 50 mil habitantes. As ruas de Visoko estão repletas de visitantes, tanto bósnios como estrangeiros, curiosos para verem uma pirâmide no coração dos Bálcãs.

Segundo dados da fundação Parque Arqueológico - Pirâmide do Sol, 350 mil pessoas visitaram a cidade em pouco mais de um ano. Foram abertos em Visoko lojas de souvenirs, novos restaurantes e albergues. "Alguma coisa existe ali, e, se for uma pirâmide, será bom para todos nós", afirmou um dos comerciantes. O presidente da fundação, Ahmed Bosnic, disse que nos últimos meses vários políticos dos países balcânicos visitaram Visoko e prometeram grandes quantias para dar prosseguimento aos trabalhos de escavação, mas quase tudo não passa de promessas. Os arqueólogos da Bósnia criticam as escavações e a euforia, que consideram pouco justificada.

"Esta história deixou de ser divertida e deveria ser objeto de investigação judicial, porque Osmanagic tenta conseguir dinheiro estatal com mentiras e enganos, e isso é crime", afirmou em Sarajevo o arqueólogo bósnio Vuk Bacanovic.

Osmanagic, chamado de "faraó" em Visoko, diz que entende "a desconfiança", mas garante que há pirâmides na cidade. "Isso escreverá novamente a história do mundo", afirma, determinado a provar sua hipótese. "Em cinco ou dez anos, ninguém se lembrará de suas objeções, então milhões de turistas irão a Visoko para desfrutar dos labirintos das pirâmides bósnias", ressalta.

Visoko é uma cidade na Bósnia e Herzegovina com aproximadamente 17.000 habitantes. Fica situada entre Zenica e Sarajevo, no exato ponto onde os rios Bosna e Fojnica se encontram. Pertence à área administrativa do Cantão de Zenica-Doboj. A zona onde fica a cidade foi uma vez o centro do estado bosniano medieval. Foi fundada perto de Ajas-beg, durante o Império Otomano. Após a anexação da Bósnia pelo Império Austro-Húngaro, Visoko modernizou-se, mantendo porém o estilo oriental do período em que foi parte do Império Otomano. Inicialmente, já como parte da Jugoslávia, Visoko não se desenvolveu muito. Não sofreu muitos danos durante a Segunda Guerra Mundial e conheceu grande expansão na era da Jugoslávia comunista. Contudo, a Guerra da Bósnia não evitou Visoko, que permaneceu sob controle do exército bósnio todos os quatro anos da guerra. Hoje Visoko é uma cidade de importância cultural e histórica, mas sua economia perdeu muita da força que teve antes da guerra da Bósnia.

Nenhum comentário:

JcSHOW

Seguidores

Onde está o rei!

JC no Youtube

Loading...

No you, it´s 4shared