domingo, 15 de abril de 2012

Punínsula de Nicoya - Nosara / Cuba (curso de turismo: Camping um estilo de vida)

Nosara é uma cidade no Nicoya Cantão, província de Guanacaste da Costa Rica sobre a costa do Pacífico.

Apesar da península de Nicoya ser um dos últimos locais com grandes áreas de estradas não pavimentadas em Costa Rica, Nosara é uma das mais antigas expatriados comunidades do país, bem como de pesca e área agrícola. Ao contrário de cidades turísticas mais costeiras, Nosara carece de desenvolvimento de quase qualquer diretamente na praia, muito do que consiste o Refúgio de Vida Silvestre Ostional (necessária em virtude da presença dos criadouros Olive Ridley e Leatherback tartarugas marinhas populações). Fishing Nosara coordena vários locais Sportfishing fretar barcos e opera o maior equipamento de pesca loja na província. Nosara também se tornou conhecida como uma espécie de meca para turistas de aventura com empresas como Guiones Adventures oferece passeios de ATV, caça submarina, tirolesa voos, prazer e passeios de caiaque. Nosara é também um surf destino e a localização de um renomado Yoga escola.

O centro da cidade oficial está localizado a 6 km para o interior da praia. Dentro de "cidade Nosara" é o mercado, farmácia, correios, igrejas, escola, polícia estação, David S. Kitson público da biblioteca e da Cruz Vermelha clínica (Nosara carece de um hospital). Há uma agência do Banco Popular localizado na pequena área comercial, perto Guiones Playa. Em 2007, uma nova escola privada foi aberto com um bilíngüe Montessori e Baccularate Internacional Organization (IBO) currículo.

Existem quatro comunidades à beira-mar principal de cada em homenagem a seus respectivos praias: Playa Nosara, Playa Guiones, Playa Pelada, e Playa Ostional. Incluem-se as maiores áreas de propriedade estrangeira residências, hotéis e restaurantes turísticos, centradas em torno Guiones e Pelada. O "subúrbio" Esparanza de Nosara faz fronteira com a área de Playa Guiones, sentado entre as suas duas primeiras entradas praia ao sul. Esparanza hospeda o maior mercado da área Guiones, uma escola futebol de campo, e alguns novos projetos residenciais, hotéis e restaurantes.

A província de Guanacaste pertencia a Nicarágua durante o período colonial. Foi só depois que as nações da América Central a independência da Espanha que foi anexada e incorporada à Costa Rica em 25jul1825. O governo reconhece esta data como um feriado nacional, embora as linhas de contorno não foram alteradas até 1858.



Na evolução do ser humano a característica histórica é sua natureza nômade, encontramos exemplos na cultura indígena, árabe e cigana, com suas tendas peculiares. Na sociedade comteporânea encontramos esse estilo de vida direcionado com maior enfase ao lazer, consequentemente, segmentado no setor de turismo em areas organizadas e apropriadas para atender as exigências de consumo em conforto, segurança do usuário neste tipo de hospedagem. Observamos a empatia neste estilo de vida o senso de responsabilidade e educação sócio – ambiental crescente no usuário, em relação a préconceito cultural que difunde valores de “turismo de pobre”, pior a interpretação de “turismo social”, para público jovem e aventureiro, e outros valores que menosprezam a hospedagem em barraca de lona.

Atualmente a tecnologia empregada nos equipamentos e acessórios oferece condições a prática do campismo a todo e diverso perfil de público. Exemplo, direcionado a um plano de vida “urbana” que está se tornando comum e em contraponto a categoria do flat ou apart hotel, que não descaracteriza o meio de hospedagem no setor turístico;

Individuo adquire o sonho da casa de praia ou montanha, seja para o lazer em final de semana, feriado ou viver sua aposentadoria, na aquisição do terreno utiliza boa parte de seus recursos financeiros. Um simples calculo de custo e beneficío no proposíto de construir a casa e período de usufruto, verifica a necessidade de um período maior para obter mais recurso financeiro antes que possa usufruir do local destinado ao descanso e lazer, mais um agravante, segurança, quisito que nos é observado no noticiário de roubos, furtos e invasão de propriedades de lazer de alto valor imobiliário.

A conclusão para quem é receptivo a este estilo de vida, é de beneficiar o terreno com infra-estrutura de àgua, luz, alvenaria de baixo custo para muro, garagem, area de serviço (cozinha - banheiro), ajardinamento, arborização e outros itens de conforto. Lembrando “baixo custo” não é propriamente acabamento de “mal gosto”, você pode ter sua banheira Jacuzzi (agregar valores) em um projeto simples. É começar a usufruir de maneira imediata do bem adquirido. Os campings são lugares apropriados para a utilização de barracas, em muitos destinos turísticos para se preservar os ecossistemas presentes, não é permitida a montagem ou estabelecimento de acampamentos em lugares não determinados ou autorizados. Somente deve-se acampar em campings devidamente regulares e que você saiba que os proprietários não estão contribuindo para destruir a natureza ao seu redor.
Tipos de barraca de Camping
A escolha de uma barraca depende da sua preferência e dos seus planos de uso. A barraca será usada somente no verão, ou em três ou quatro estações do ano? Acampará acima ou abaixo da linha de florestas? Somente para o seu uso ou para dois, três ou quatro pessoas? Você é do estilo luxuoso ou do simples despojado? Quanto peso você está disposto a carregar? Quanto dinheiro você tem para gastar?

Os fabricantes oferecem quase toda combinação de tamanho, peso e modelo. A escolha é sua, depois de consultar catálogos, lojas, seus amigos e vizinhos de acampamento. Porém, há alguns fatores que devem ser levados em conta na hora de adquirir uma barraca. São eles:

Resistência à água - As barracas são construídas com paredes duplas ou simples, de material impermeável ou transpirante. Uma unidade completamente fechada deve ser bem ventilada a preferencialmente deve “respirar”. Se a barraca é à prova d’água, a umidade que você exala condensa sobre as paredes frias e escorre para baixo formando poças no chão. Em uma só noite, você e seus companheiros de barraca podem expelir vapor d’água suficiente para encharcar os sacos de dormir. Cuidado com barracas baratas de uma só camada de material que não “respira” e impermeável. Elas só são boas em condições suaves abaixo da linha de vegetação, onde a porta e as janelas podem ser deixadas abertas para ventilação; mesmo assim você pode esperar alguma condensação. Algumas barracas sem sobre-teto possuem um modelo que aproveita a gravidade para espalhar e remover a condensação, mas para funcionar a barraca precisa estar bem ventilada. O dilema entre uma barraca transpirante e ainda impermeável resolve-se usando paredes duplas ou sobre-teto. A parede interna é transpirante, não é à prova d’água, então ela permite que sua respiração e transpiração passem para o lado de fora. A camada externa é impermeável, geralmente separada, que mantém a chuva fora da tenda e também coleta e dispõe fora da barraca a umidade do corpo. o sobre-teto não deve tocar a camada interna, porque aonde ele encostar, a água condensará por dentro. O sobre-teto deve vir até bem próximo do solo para cobrir toda a barraca e a entrada, evitando a chuva dirigida pelo vento. Mesmo em barracas com parede dupla, o saco de dormir pode molhar por causa da condensação proveniente da parte impermeável das laterais que sobem do piso em alguns modelos. Um importante passo para manter a barraca seca é selar as costuras com um produto selador impermeável. Faça isto antes de usar a barraca. Algumas barracas vêm seladas de fábrica; em outras, isto compete a você e é bom que seja feito. Ao acampar, arme a barraca sobre um pedaço de nylon ou plástico, para evitar que a umidade do solo entre pelo piso. Este procedimento serve também para manter o piso limpo e protegido contra a abrasão.

Resistência - Muitas barracas são classificadas por um “fator de resistência relativa”, a velocidade do vento que a barraca permanece de pé antes que a armação deforme. Se você espera ir de encontro ao vento e neve, esta é uma importante consideração. A barraca deve ficar de pé com ventos fortes e cargas de neve sem falhas estruturais.

Peso - Normalmente não há escolha: pouco peso ou mais conforto e durabilidade. Barracas leves são disponíveis mas a questão é se elas são grandes e resistentes o suficiente para os seus usos particulares. Simplesmente procure por uma barraca leve que satisfaça suas solicitações de número de ocupantes, área principal, tamanho do piso, altura do teto, local para armazenar equipamentos, resistência, clima e condições atmosféricas indicados. Uma barraca para duas pessoas acamparem no verão pode ser leve, enquanto uma barraca para três pessoas, para expedições em quatro estações pode pesar o dobro ou mais e custar duas ou três vezes mais.

Forma - A tendência nas formas de barracas têm sido o túnel e iglu. Estes modelos aproveitam ao máximo o espaço disponível e minimizam o número de estacas e extensores. As do tipo iglu não precisam de extensores para permanecerem em pé e podem ser levantadas e removidas facilmente mas ainda necessitam ser estacadas no chão para não serem carregadas pelo vento. As barracas tipo túnel de dois ou três arcos, normalmente precisam de extensores para ficarem em pé, oferecem um uso eficiente do espaço e tem características que não deixam passar o vento. O tradicional desenho em A (barraca canadense) não tem muito espaço utilizável, mas é simples, com modelo aprovado.

Tamanho - A barraca de dois lugares é provavelmente o tamanho mais popular e oferece a maior flexibilidade em peso e locais de acampamento. Para a versatilidade de um grupo, normalmente é melhor levar duas barracas para duas pessoas do que uma para quatro pessoas. Muitas barracas de dois lugares suportam três pessoas apertadas e ainda são leves o suficiente para serem usadas por uma só pessoa ocasionalmente. Algumas barracas de três e quatro lugares são leves o suficiente podendo ser carregada por duas pessoas que desejem bastante luxo e conforto. Barracas grandes, especialmente aquelas que se pode ficar em pé dentro, são um grande incentivo à moral do grupo durante uma expedição ou longa tempestade. Para carregar pode-se dividir o peso entre o grupo dividindo a barraca em partes.

Cores - Barracas com cores quentes como, amarelo, laranja e vermelho são vibrantes se você está preso dentro, além de tornar mais fácil a visualização ao voltar para o acampamento. Por outro lado, tonalidades mais suaves harmonizam-se com a paisagem. Uma coisa desagradável: as cores suaves podem se camuflar tão bem que você terá problemas para achar o acampamento.

Outras características - Modelos diversos de entrada oferecem portas com zíper, alcovas, vestíbulos e avancês. Compare tais modelos para encontrar um que, na sua opinião mantenha fora a maioria da chuva e neve ao entrar e sair da barraca. Um vestíbulo pode ser ótimo para cobrir a entrada e dar mais espaço para guardar o material, cozinhar e se vestir. Existem muitas opções de arranjos e tipos de aberturas de ventilação e janelas. Telas contra mosquitos podem ajudar a manter fora os roedores, assim como moscas e outros insetos voadores.

Nenhum comentário:

JcSHOW

Seguidores

Onde está o rei!

JC no Youtube

Loading...

No you, it´s 4shared