quinta-feira, 5 de abril de 2012

França sob olhar de Yann Arthurs-Bertrand


A França é um país localizado no continente europeu, especificamente na Europa Ocidental. Possui territórios em diversos lugares ao redor do mundo e foi uma das grandes incentivadoras e membro-criador da União Européia.

Limita-se à leste com a Alemanha e Suíça; ao sudeste com a Itália e a sudoeste com a Espanha e Andorra; ao norte limita-se com Bélgica e Luxemburgo; à oeste limita-se com o Oceano Atlântico e ao sul com o Mar Mediterrâneo. De todos os grandes estados europeus, foi a primeira a ter a sua formação como estado, sendo sua capital em Paris. Incluindo os territórios ultramarinos, a França tem uma superfície de 675 417 km² e em torno de 64,5 milhões de habitantes. O francês é o idioma oficial, segundo a consituição, mas outras 77 línguas regionais existem no país.





Segundo dados do FMI, a França é a 7ª economia mundial, com um PIB de 2,04 trilhões de dólares. Sua economia é um capitalismo com intervenção estatal não desprezível, desde o fim da Segunda Guerra Mundial. No entanto, desde a metade dos anos 1980, reformas sucessivas em diversos setores estão desprendendo progressivamente tais empresas do poder público.


In an eerie reprise of one of the world's great UFO flaps, the Belgian incidents of 1989, a huge triangular object was observed over Paris two nights ago. The object was seen at about 9:50 PM, moving slowly through the night sky at almost rooftop altitude. The witness was in a small public park at the corner of Rue d'Alesia and Rue Vercingeton in the 1st Arrondissment. It was a dark and, for Paris, unusually clear night, and he chanced to look up to see the stars. At that moment, he saw the craft, just visible against the night sky, moving across the Rue Vercingeton and disappearing over the roofs of buildings, as shown in Mr. Cozanet's recreation. Unfortunately, the other person present was looking in another direction and did not see anything. On June 30, 2004, another witness in Paris observed a triangular object, lit with a white light at each corner and a red one in the center, passing silently overhead. Shortly thereafter a second triangle appeared, this one brightly lit, and remained visible for a few seconds. A National Institute of Discovery Science assessment published in 2004 stated that the United States is currently experiencing a wave of Flying Triangle sightings that may have intensified in the 1990s, especially towards the latter part of the 1990s. The wave continues. The Flying Triangles are being openly deployed over and near population centers, including in the vicinity of major Interstate Highways. While it went on to say that "neither the agenda nor the origin of the Flying Triangles are currently known, it also pointed out that the eyewitness observations were consistent with the routine and open deployment of an "unacknowledged advanced" aircraft by the Department of Defense - or the open deployment of something not under the control of the US government. It concluded that "in the post 9/11 era...it is certainly conceivable that deployment of low altitude surveillance platforms is routine and open. The triangles have been observed by witnesses worldwide since the 1950s, which mitigates against their being secret US aircraft. In his article for ufoevidence.org, investigator and scholar Richard Dolan describes a typical early black triangle case: "On a clear fall night in Hastings, Minnesota, multiple witnesses saw a triangular craft approach from the east at a high rate of speed. When it was nearly overhead at about 5,000 feet, it "stopped dead in its tracks. The object had a reddish orange light at each of its corners; these lights sometimes turned greenish. It sat motionless and silent for half a minute, then made a slow 180 degree turn, "leaving a vapor trail" It then sat motionless for a few seconds before it took off at an amazing speed. It stopped dead at a point about 15 miles away from them. It then lifted straight up "at incredible speed" and was gone.



Desde sua formação, a França foi importante politica e militarmente no âmbito internacional. Sendo assim, é um país-membro do Conselho da Europa, União Européia, Zona do Euro e do Espaço Schengen. É um dos 5 membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU, e dispões de tecnologia nuclear, fato que reforça ainda mais sua influência militar no globo. No decorrer do Século XVII, o grande século para a França, ela foi modificada pelas artes e pela filosofia. Berço do Iluminismo, ela influenciou as revoluções na América, depois a Revolução Francesa foi o exemplo de democracia para o mundo inteiro, desenvolvendo valores de liberdade, igualdade e, desde 1905, Laicidade.



Devido ao Renascimento e às explorações, dos séculos XVIII e XIX, a França difundiu sua cultura e língua por diversos povos, no Canadá, África e em algumas regiões do Oriente Médio, Ásia e Pacífico. Os francos foram uma tribo germânica, provavelmente originária da Panônia, uma região do território onde hoje se situa a Hungria, e que mais tarde se mudaram para o oeste, para ocupar a região da Frísia, onde atualmente estão os Países Baixos. Em meados do século IV da nossa era, na época da decadência do Império Romano, o imperador Juliano, para pacificar estas tribos, lhes cedeu a Gália, e os francos se incorporaram ao império como um aliado federado.




Na época do seu apogeu, o reino dos francos abarcou a maior parte do atual território da França e parte do que hoje é a Alemanha (Francônia). Este povo germânico uniu-se aos povoadores celtas do lugar, os gauleses, e ambos os grupos indo-europeus constituíram a origem do que séculos mais tarde seria a nação francesa. No entanto, os francos deixaram uma marca mais forte que a dos gauleses, pelo menos no nome do país: etimologicamente, França significa terra dos francos. As fronteiras da França moderna são muito semelhantes às fronteiras da antiga Gália, território habitado pelos gauleses, de origem celta. A Gália foi conquistada pelos Romanos no século I a.C., e os gauleses acabaram por adotar a cultura e a língua latinas.




O Cristianismo instalou-se durante os séculos II e III. As fronteiras do leste da Gália ao longo do rio Reno foram atravessadas por tribos germânicas - principalmente os Francos, dos quais o antigo nome "Francie" vem - durante o século IV. Apesar de a monarquia francesa ser muitas vezes datada do século V, a existência contínua da França como uma entidade separada começa com a divisão do império franco de Carlos Magno em uma parte leste e uma parte oeste. A parte do leste pode ser considerada como o começo do que é a atual Alemanha, a parte oeste como a França.



Os sucessores de Carlos Magno dirigiram a França até 987, quando Hugo Capeto, Duque de França e conde de Paris, foi coroado Rei da França. Seus sucessores, a dinastia dos Capetos, dirigiram a França até 1789, quando a Revolução Francesa instalou uma República, em uma época de mudanças radicais que começou em 1789. Após diversas mudanças, a França chegou ao século XX como um país em transição política constante, passando, diversas vezes, por diferentes regimes políticos, piorando sua imagem no mundo (sendo que não possuía tantas colônias como a Inglaterra, que tinha um vasto império que agregava 1/4 do mundo).



Com eclosão da 2ª Guerra Mundial (1939-1945), em 1940 a Alemanha declarou guerra à França e invadiu o país. Após apenas 43 dias de combates, os franceses se renderam e precisaram da ajuda dos aliados (em destaque, o Reino Unido e os EUA) para sua libertação (iniciada no Dia D, 6jun1944). Apesar disso, no final da guerra, a França obteve o estatuto de membro permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, conseguiu entrar no restrito clube de potências nucleares e foi, juntamente com a Alemanha, o principal incentivador da criação da Comunidade Europeia.



A França é uma República democrática semipresidencialista. O presidente (président de la république) é eleito por sufrágio directo e universal e reside oficialmente no Palácio do Eliseu, em Paris. É o Presidente quem nomeia o Primeiro-Ministro (premier-ministre), e preside ao conselho de ministros. Ao primeiro-ministro, cuja residência oficial é o Palácio Matignon, cabe a coordenação do governo (gouvernement). O Parlamento francês é bicameral: Senado (sénat), eleito indiretamente, e a Assembleia Nacional (assemblée nationale), eleita pelo voto popular.


A França está dividida em regiões. Atualmente são 26 regiões, sendo 21 regiões metropolitanas, a Córsega e mais 4 ultramarinas (Guadalupe, Martinica, Guiana Francesa e Reunião). Cada região é dividida em departamentos. Atualmente são 96 departamentos metropolitanos e 4 ultramarinos (sendo que os departamentos ultramarinos também são considerados regiões). Os departamentos são divididos em distritos (arrondissements). Os distritos são divididos em cantões (canton) e os cantões em municípios (commune).



Link para mais informações e imagens da região francesa:
http://www.4shared.com/document/K6wsN1Mt/Frana_-_Cotignac.html
http://www.4shared.com/document/BVz6d2GA/Frana_-_Mont_Saint_Michel.html
http://www.4shared.com/document/whnUXYnM/Frana_-_Provence_e_a_Lavanda.html
http://www.4shared.com/document/dwQw95hz/Paris_-_Arquitetura.html
http://www.4shared.com/document/gjfGJqQc/Paris_-_Balade_au_dessus.html
http://www.4shared.com/document/7IZjgSu7/Paris_-_Noite.html
http://www.4shared.com/document/XId5gGq7/Paris_-_Palcio_de_Versailles.html
http://www.4shared.com/document/EoAlWf1v/Paris_-_Publicitrio_e_o_cego.html

Nenhum comentário:

JcSHOW

Seguidores

Onde está o rei!

JC no Youtube

Loading...

No you, it´s 4shared