quinta-feira, 26 de junho de 2008

Arquipélago de Fernando de Noronha - Pernambuco, Brasil


Programar uma viagem a Fernando de Noronha pode significar a realização de um sonho para a maioria dos brasileiros. No arquipélago, tem-se a sensação de estar em uma parte do Brasil que deu certo. São 17 quilômetros quadrados, a 545 quilômetros da costa pernambucana, onde vive uma população de apenas 3400 habitantes. O turismo é desenvolvido de forma sustentável, criando a oportunidade do encontro equilibrado entre o homem e a natureza, em um dos santuários ecológicos mais importantes do mundo.



Morro do Pico



Morro Dois Irmãos

Vir a Noronha requer, no mínimo, cinco dias para usufruir dos atrativos naturais e vivenciar um pouco da história da nossa colonização. São várias opções de passeios, que atendem a todos os públicos e oferecem ao visitante a chance de ver todas as belezas das 21 ilhas, ilhotas e rochedos que compõem o arquipélago.


O Arquipélago de Fernando de Noronha, pertence ao estado de Pernambuco e fica sitado a 545 km de Recife e de Natal no estado do Rio Grande do Norte fica a 360 km. É um lugar encantador com cerca de 21 ilhas, (apenas uma que leva o nome do arquipélago é habitada) e cerca de 16 praias, que agradam todos os gostos – ideais para mergulho, para esportes a vela, para surfistas, e claro, muitas praias para as pessoas que apenas querem fazer uma caminhada e estar em contato com a natureza. Muitas delas são consideradas as mais bonitas do Brasil, destaque para a Baia do Sancho, Baia dos Porcos e do Leão. A ilha tem praias com o mar para fora e para o mar de dentro.

Fernando de Noronha é um dos principais picos de mergulho do Brasil. A melhor época para mergulhar é nos meses de agosto e de setembro, em que a água fica mais clara e a visibilidade pode chegar até 50 metros. Várias operadoras de mergulho levam os visitantes. Se você nunca mergulhou, poderá fazer batismo na ilha. Se preferir, poderá optar em fazer apenas mergulho com snorkel – geralmente os passeios de escuna têm este equipamento para mergulhar.

Para mergulhar, os preços variam de acordo com o que você procura. Um batismo pode sair na faixa de R$290, com taxas, cilindros e tudo o que irá precisar. Para quem está em busca de cursos avançados, há pacotes com vários mergulhos – com preços que chegam até a R$1.700. O mergulho em Fernando de Noronha pode ser de três até 17 metros de profundidade (para os novatos) e chegar até 63 metros de profundidade para os mergulhadores que têm nível avançado. O IBAMA pode restringir alguns pontos de mergulho. Além disso, todos que mergulham têm que pagar uma taxa de R$10 para o IBAMA. Para saber mais sobre Mergulho em Fernando de Noronha visite o site da Atlantis Divers ou da Noronha Divers que são algumas das agencias de mergulho que operam na ilha.

SURF EM NORONHA
Já para os amantes das boas ondas, é bom saber que várias praias de Fernando de Noronha são ótimas para o surf. Quem pretende curtir as ondas, dezembro e março é a época do ano em que o arquipélago tem o mar mais agitado.



Morro Air France

A noite na ilha é bem tranquila, mas alguns bares e restaurantes promovem shows. No Bar do Cachorro, você poderá dançar forró. A pizzaria Massa da Ilha também tem música ao vivo. E no Porto Marlin Sushi Bar tem música ao vivo de terça a sexta-feira.

Praias para o Mar de Dentro
Praia do Cachorro, Praia do Meio, Praia da Biboca, Praia do Bode, Praia do Americano, Praia da Quixabinha, Praia da Cacimba do Padre, Baia dos Porcos, Baia dos Golfinhos, Baia do Sancho, Ponta da Sapata, Praia da Conceição e Praia do Boldro.
Praias para o Mar de Fora
Buraco da Raquel, Baía Sueste, Praia de Atalaia, Praia do Leão, Ponta das Caracas, Enseada da Caeira, Ponta da Air France.

Buraco da Raquel
Fernando de Noronha é considerado parque nacional. A maior parte da ilha – 70% – é parque. Além da ilha principal, existem as ilhas menores que fazem parte do parque que contém aproximadamente 11 mil hectares. Você verá praias muito bem preservadas. Em algumas, é proibido entrar no mar usando protetor solar. De janeiro a julho é época da desova das tartarugas marinhas e várias praias ficam interditadas. É o caso da praia do Sancho, por exemplo, que é uma das belas do arquipélago. Outra proibição é nadar na região onde há golfinhos. O Parque Nacional fica aberto das 8h às 18h. Você pode obter mais informações no Centro de visitantes do Projeto Tamar.

Forte Nossa Senhora dos Remédios
Na ilha, você poderá optar em pegar táxi, andar de ônibus (esta é a maneira mais econômica), alugar moto ou buggy (o modo mais cômodo). É bom saber que o preço da gasolina é alto por lá e o posto de combustível fecha à noite. O preço do aluguel de buggy, em média, é R$150 (a diária). Já de moto, sai por R$100 (a diária). O acesso é livre para caminhar pelas trilhas da área de preservação ambiental. Se o visitante pretende conhecer as trilhas do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, é preciso contratar um condutor habilitado e ter também uma autorização do IBAMA para percorrê-las. Algumas trilhas exigem algum preparo físico para serem percorridas. O bom é fazê-las com calma e aproveitar cada parada para contemplar a natureza.

Vila Nossa Senhora dos Remédios

Nenhum comentário:

JcSHOW

Seguidores

Onde está o rei!

JC no Youtube

Loading...

No you, it´s 4shared