terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Salvador - Bahia, turismo rima humor.



Divisão Física: Pituba/Itaigara/Iguatemi

É o que importa. A única parte civilizada da cidade, é resultado de um prefeito que construiu uma avenida e ficou com preguiça de fazer o resto. O monopólio de um shopping em questão tornou-se nome de bairro e hoje provoca destaque, mesmo estando com um concorrente perto de Você. O Shopping iguatemi destaca-se por superar a galeria do rock em número de Emos e Baianos, especialmente nas quartas-feiras a tarde, quando os emos conseguem juntar dinheiro rodando bolsinha, para comprar um ingresso e assistir Hitler potter e os comunistas.

Centro Histórico: A Praça do Pedinte (devido a posição da estatua)
Consiste em Ondina, Barra, Pelourinho e adjacências. É habitado somente uma vez por ano, no Carnaval. Durante o resto do ano, somente turistas têm a disposição de subir as ladeiras do local para verem o Elevador Tiago Lacerda que liga o nada ao lugar nenhum. Outras atrações são a Praça do Pedinte, o Farol da Barra, o Mercado Modelo, a Igreja de São Francisco de Assis, a Igreja de Santo Antônio de Jesus, a Igreja de São Judas Tadeu, a Igreja de São Cosme e Damião, a Igreja de São João Batista, a Igreja de Santo Expedito, a Igreja de São Pedro, a Igreja de São Paulo, a Igreja de São Jorge, a Igreja de São Mateus, a Igreja de São Longuinho, a Igreja de São Francisco de Assis II, a Igreja de São Bernardo, a Igreja de Santa Maria de Deus, a Igreja de Santa Rita de Cássia, a Igreja de Nossa Senhora da Luz, a Igreja de Nossa Senhora da Piedade, a Igreja de Nossa Senhora de Lurdes, a Igreja de São Francisco de Assis III e a Igreja Universal do Reino de Deus.

O Norte
Mais ao norte, é onde ficam as praias. E só as praias. Oficialmente, começa em Jaguaribe (uma praia) e termina em Villas (outra praia), passando por Itapuã (mais uma praia). Seu acesso passa pelo bairro da paz, que, coincidentemente, é o bairro menos pacífico de salvador. O PCR [Primeiro Comando da rede] está instalado lá, em uma rede!

Brotas
É a Brooklyn soteropolitana (salvadorense). Um núcleo de resistência independente. Tem seu dialeto, moeda e governo próprio. Precisa de passaporte para cruzar a fronteira. Também conhecida como brotas city, seu ditador é Pelegrino, um político que desde o início da história de salvador se candidata a prefeito e não consegue ganhar, perdendo seguidamente para ACM e sua gang.

Cajazeiras
Vai de Cajazeiras 1 até Cajazeiras 15785. Tem vida própria e até hoje ninguém descobriu como chegar lá. Suspeitas indicam que Cajazeiras é um portal que liga Salvador ao Acre, o que explica a possível origem do Arrocha.
Cajazeiras possui uma incrível divisão geográfica. 1~23 - Favela 24 - Roseiras 25~68 - Favela 69 - Orgiazeiras 70-665 - Favela 666 - Portal pro Inferno 667~15784 - Favela 15785 - Portal pro Acre. Alguns dizem que a 15785 e a 666 são iguais.
Estilos musicais predominantes: 24 - Música Gay. 69 - Funk. 666 - Black Metal. Resto – Arrocha.

Feira-do-Rolo
Esse é o local onde você compra o que quiser e quando quiser. Depois da venda do Mercado de Modelos, tornou-se o único supermercado concorrente à rede monopolista "Bompreço". Lá existem coisas como fósseis de pterodáctilos, órgãos para transplantes, animais em extinção (qualquer um, de tigres-dente-de-sabre a mamutes), armas que nem a polícia brasileira tem e objetos que foram roubados da sua casa. Se você tiver sorte, ainda encontrará sua mãe lá, caso contário ela já foi vendida.

Ribeira: Tem sorvete.

Divisão Química: Azeite de Dendê
Salvador é principalmente composta por átomos de Hidrogênio, Oxigênio, Axé e Dendê.

Divisão Biológica: Salvador tem um índice de 51% de Cantores de Axé, 47% de Turistas e 1% de Cearenses.

A Pré-História soteropolitana (salvadorense) foi o período mais conturbado da cidade, até que os Tupinambás expulsaram os Homo Erectus da região e iniciou-se a Era de Paz, marcada pela invenção mais importante da História Baiana: a Rede.

Idade Antiga: Melhor perguntar pra Dona Canô ou para o ACM...

Idade Média: Em seus feudos, os Caciques Tupinambás exploravam os camponeses num regime conhecido como vassalagem. Foi a época dos grandes torneios de miserês, piriguetes em perigo e lagartixas. Essa época também foi marcada pela inquisição, que levou à fogueira milhares de Tupinambás acusados de bruxaria e xamanismo.

Idade Moderna:
1505 - Os portugueses chegam trazendo para os índios espelhos, armas de fogo, cavalos, laptops, celulares e iPods, em troca de Pau-Brasil.
1549 - A Cidade do São Salvador é fundada e tem seu primeiro governador: Maurício de Souza. São construídos o Farol da Barra, Elevador Tiago Lacerda, todos os fortes (São Marcelo, Santo Antônio, Saint Seya, São Longuinho, etc...), o Pelourinho, todas as igrejas (menos a Universal) e o primeiro shopping da cidade: o Mercado de Modelos, onde você pode comprar uma Cicarelli ou uma Ana Hickman.

Idade Contemporânea:
O Presidente do Brasil se muda de Salvador para o Rio de Janeiro, levando consigo Caetano Veloso e várias outras celebridades baianas que vão morar na nova capital.
1798 - Aparece ACM .
1815 - É inventado o Trio Elétrico e o Carnaval é descoberto.
1830 - ACM vira o imperador da Bahia.
1990 - Ivete Sangalo lança seu primeiro CD.
1991 - Ivete Sangalo lança seu segundo CD.
1992 - Ivete Sangalo lança seu terceiro CD.
1993 - Ivete Sangalo lança seu quarto CD.
1996 - Começam as obras do Metrô de Salvador.
2004 - É lançada em Salvador a primeira música que não é de Axé. Nasce então, em cajazeiras, o Arrocha.
2005 - O Arrocha é esquecido.
2006 - Ivete Sangalo lança seu décimo sétimo CD.
2007 - A Disney pretende comprar o Metrô de salvador, pois ele será a maior montanha russa do mundo.
2090 - Ivete Sangalo lança seu octagésimo quarto CD.
2091 - É inaugurado o Metrô de Salvador.
2092 - O Metrô entra em greve.
2093 - Morre em Salvador Ivete Sangalo.
2094 - Morre em Salvador Dercy Gonçalves. (morre?)
3091 - Morre ACM. ACM Neto assume o trono.
3666 - ACM ressucita e mostra ser o anti-cristo.

Demografia

Os soteropolitanos (nome dado a quem nasce em Salvador) constituem cerca de 50% da população brasileira, dos quais 98% só retornam a sua terra de origem durante o Carnaval. Já onze meses depois (tempo de gestação do baiano), a taxa de natalidade na Região passa para 100% (não existem casos de soteropolitanos nascendo em outras épocas do ano). Pesquisas recentes apontam que 50,1% da população é feminina e os outros 49,9% são homens. Os únicos idosos da cidade são ACM, Dona Canô, Dorival Caymi, Jorge amado e Zélia Gattai. Dizem que existem alguns outros, mas como baiano velho é tudo igual, ficam apenas esses na lista oficial. Segundo o IBGE, 80% dos soteropolitanos são baianos e 72% são brasileiros. O número absoluto da população ainda não foi descoberto, já que os estatísticos ficaram com preguiça de contar.

Economia

Salvador é cidade pólo na exportação de Coco, Cantoras de Axé (os discos são produzidos em São Paulo), Obina, Berimbaus e Sotaques para novelas da Globo, destacando-se os Sotaques de Paraibano, Pernambucano e Cearense. O principal produto de importação da cidade são os turistas, vindos principalmente de São Paulo, Rio Grande do Sul, Acre, Espanha, Papua/Nova Guiné e Republica Tcheca.

Clima, Vegetação e Hidrografia: Coqueiro

Em Salvador faz calor. Há apenas duas estações: o Verão e o Carnaval, que freqüentemente coincidem. A vegetação da cidade consiste em coqueiros. O principal rio chama-se CocoBeach e fica no bairro do Costa Azul. Depois do fracasso do Bahiazul (uma tentativa do Imperador ACM de descartar lixo de seus campos de concentração) estuda-se a possibilidade de mudar o nome do bairro para Costa Marrom ou Costa Negra.

Cultura

Salvador é uma cidade com muita cultura. Inúmeras bandas de grande renome no antro erudito fazem freqüentemente shows na cidade, a exemplo de Calypso, Aviões do Forró e Psirico. Não se pode esquecer, claro, que Salvador sedia a maior manifestação popular do mundo na Terra, o Carnaval. É nessa época que o Soteropolitano gasta as energias que acumulou o ano inteiro, correndo atrás do trio, correndo atrás de mulher e, principalmente, correndo da polícia. É no Carnaval que o Soteropolitano tem a chance de escutar mais uma vez as inovações do Axé que ele já ouve o ano inteiro, desde que nasceu. O Carnaval é tão importante para esse povo que, para não ter que esperar o ano inteiro, eles criaram uma série de festas como o Festival de Verão, o Bonfimlight, o Babado Elétrico, o Trivela, o Ensaio Geral, o São João, o Natal, o Ano Novo, a Páscoa, o 7 de Setembro, o 2 de Julho, o Dia de Nossa Senhora de Fátima, o Dia Depois de Amanhã, o Dia do Trabalho (só se trabalha nesse dia do ano, atrás de um trio elétrico), o Dia da Mulher, dentre outros.



Língua:
Em Salvador é falado o Baianês, que conta com seu próprio alfabeto;

A Bê Cê Dê É Fê Guê H I Ji Lê Mê Nê Ó Pê Quê Rê Si T U V X Z

Ao contrário do que muitos pensam, o Baianês não é falado lentamente, mas sim cantando. Não existe o gerúndio, mas sim o gerúnio: o "d" no "-ndo" é excluído, o que resulta em falano, correno, ao invés de falando ou correndo. A letra G (fala-se guê) também não é usada na maioria das frases quando tem som de J (Ji), dando lugar ao R (Rê). Como, por exemplo, "a gente" (fala-se arrente). Mas em alguns casos, também a letra S pode incorporar o som de R (Rê), de forma que a frase "As camisas" tome a pronúncia de "Ar camisa" e "As mulheres" se converte em "Ar mulé". A propósito, o pronome nós não existe em Baianês. Usa-se em seu lugar o "agente", nesse caso, escreve-se junto, e é o único pronome a ter conjugação no plural: "arrente vamo". Fora "arrente e "eu", todos os outros pronomes levam a mesma conjugação: tu vai, ele vai, vocês vai, eles vai. Não existe plural, salvo algumas exceções, nas quais o "s" final nunca é pronunciado, a exemplo de "arrente vamo". Em baianês, uma frase nunca é concluída. Existem alguns verbos novos, como "bora" ou apenas "bó", que significa "vamos" e também pode ser dito em forma repetitiva-poetica como "borimbora".
Algumas frases cotidianas:
"Colé, meu bródi!" - Olá, amigo.
"Colé, miserê!" - Olá, amigo.
"Colé, men!" - Olá, amigo.
"Diga aê, disgraça!" - Olá, amigo.
"Digái, negão!" - Olá, amigo. (independente da cor do amigo)
"Ô, véi!" - Ôlá amigo!
"Colé de merma?" - Como vai você?
"Aonde!" - Não mesmo!
"Vô quexá aquela pirigueti" - Vou paquerar aquela garota.
"Vô cumê água" - Vou beber (álcool).
"Colé de merma sua?" - Qual o seu problema?
"Tá me tirando de otário é?" - Está me fazendo de bobo?
"Shhh...Ai, mainhaaa" - Até hoje não se sabe a tradução. Sabe-se apenas que nas músicas de pagode, o vocalista está excitado com sua respectiva amante.
"Oxe!" - Todo baiano usa essa expressão para tudo, mas um forasteiro nunca acerta quando usa.
"Lá ele!" - Eu não, sai fora, ou qualquer outra situação da qual a pessoa queira se livrar.
"Lasquei em banda!" - Sexo feito com muita picardia.
"Ó paí ó" - Expressão muito usada por aqui, tanto que virou filme, peça teatral, música, marca de refrigerante, água de coco, barzinho, cerveja, igreja...
"Num tô comeno reggae!" - Não estar acreditando ou dando muita importância.
"Eu quero prova e R$ 1,00 de Big-Big!" - O mesmo que a expressão acima. O "Big-Big" é um chiclete muito valorizado por pessoas de todas as classes.
"Uisminoufai!" - Bebiba mais conhecida como "Sminorff Ice". Também é uma música do grupo de pagode (desta mesma terra) chamado "Pagod'art".
"Sai do chão!" - Frase típica e predileta das bandas de axé. O intuito da mesma é de que indivíduo se agite e curta o som tocado em questão.
"Rumaláporra!" - Agir violentamente contra alguém ou algo.
"Picá a porra!" - Agir violentamente contra alguém ou algo.
"Rumaládisgraça" - Agir violentamente contra alguém ou algo.
"ei, ó o auê aí ô" - tida como unica frase universal a utilizar apenas vogais e ter sentido completo, significa 'parem de baderna.'

Culinária:

Salvador é a única cidade do mundo em que existe uma rede de fast-food de comida baiana. Nele você pode pedir um combo acarajé (hambúrguer baiano), que vem com vatapá (mostarda baiana), salada, camarão e pimenta, batata frita e água de coco. Outros pratos muito servidos são: abará, moquecas, caruru, sarapatel e feijoada. Salvador é também a única cidade do mundo em que você pode pedir num restaurante uma punheta sem ser expulso do estabelecimento. A punheta vem de um produto roliço, quente e que faz a alegria de muitos fãs.
Destaque para degustação do combo "acarajé-água de coco": um manjar dos deuses na opinião dos turistas de camisas havainas e câmeras nos pescoços.
Transportes
Os soteropolitanos contam com um sistema de transporte público extremamente pontual e que nunca se atrasa (para o dia seguinte), claro isso se não houver nenhum estudante parado na frente dele. O Metrô, por exemplo, não teve até agora nenhum caso de atraso, a não ser os 10 anos da obra, ainda não concluída. Os soteropolitanos também contam com a mais alta tecnologia náutica de deslocamento: os Ferry Boats. Para se ter idéia de quão pouco estão conservados, uma das embarcações se chama Maria Bethânia.

Moda Local
Salvador é a única cidade do mundo em que o Reveillón está sempre na moda. Todo mundo se veste de branco o ano inteiro, a não ser no Carnaval, quando a única vestimenta usada é o abadá (quando usada...)

Soteropolitanos Ilustres:
Jorge Amado
Nara costa, nascida em Cajazeiras.
Jorge Amado, nascido em Ilhéus.
Ivete Sangalo, nascida em Juazeiro.
Dona Canô, nascida em Santo Amaro.
Caetano Veloso, nascido em Santo Amaro.
Maria Betânia, nascida em Santo Amaro.
Tieta do Agreste, nascida no Agreste.
Thomas Edson, nascido nos Estados Unidos.
Renato Fechine, nascido em Salvador, criado em Salvador e atualmente morador de Salvador.
Zè Bim, nascido no meio do povo de Salvador.

Um comentário:

Star Girls disse...

Você acha que conhece bem a Bahia e principalmente Salvador, porém... analisando seus comentários, acho que os lugares que você frequentou não foram dos melhores, imagino que seja o tipo de ambiente que faz o seu gênero.
No dia que você quiser conhecer melhor a Bahia, visite melhores ambientes, porque aqui como em todo o mundo há lugares bons e não tão bons.
Você escreveu esse texto de forma preconceituosa, e você deveria rever seus conceitos e comentários sobre qualquer assunto que você queira falar e não esquecer do respeito a cultura local.

JcSHOW

Seguidores

Onde está o rei!

JC no Youtube

Loading...

No you, it´s 4shared