quinta-feira, 8 de março de 2012

Castelo de Chillon (Montreux - Suiça), Château Chambord - França, Caerphilly Castle (Walles) e Palácio de Buckingham

Château de Chillon está localizada na margem do lago de Genebra. O castelo é composto de 25 edifícios independentes que foram gradualmente ligado e agora formam um único conjunto.

A parte mais antiga do castelo não foram definitivamente datada, mas o primeiro registo escrito do castelo é em 1160 ou 1005. A partir de meados dos anos 12º século, o castelo foi para casa os Condes de Sabóia, e foi grandemente ampliado No século 13 por Pedro II. O Castelo nunca foi levado em um cerco, mas não alterou as mãos através de tratados.

Lord Byron, que escreveu o poema A Prisoner Of Chillon (1816) cerca de François de Bonivard, um monge Genevois e político que foi preso lá de 1530 a 1536. O castelo é uma das definições de Henry James's Novella Daisy Miller (1878). Chillon agora abriga um museu com alguns objetos históricos preservados e é aberto ao público tours.


O Real Château de Chambord é um palácio da França localizado em Chambord, Loir-et-Cher, França.
É um dos mais conhecidos castelos do mundo devido à sua distinta arquitectura em estilo Renascentista Francês que combina as formas medievais francesas tradicionais com as estruturas clássicas italianas. Embora seja o maior palácio do vale do rio Loire, foi construído apenas para servir de pavilhão de caça para Francisco I de França, que mantinha a sua residência no Château de Blois e no Château d'Amboise. O projeto original do Château de Chambord é atribuido, apesar de várias dúvidas, a Domenico da Cortona, cujos modelos de madeira sobreviveram tempo suficiente para serem traçados por André Félibien, no século XVII. Alguns autores, de qualquer forma, afirmam que o arquiteto renascentista francês Philibert Delorme teve um papel considerável no desenho do palácio. Chambord foi alterado consideravelmente ao longo dos 20 anos que durou a sua construção (1519 ‑ 1547), período durante o qual foi supervisionado in loco por Pierre Neveu. Em 1913 Marcel Reymond fez a primeira sugestão de que Leonardo da Vinci, um convidado do rei Francisco I, em Clos Lucé próximo de Amboise, foi responsável pelo desenho original, o qual reflete os planos de Leonardo para um château em Romorantin para a Rainha-mãe, e o seu interesse no planeamento central e na escadaria em dupla-hélice; a discussão ainda não está concluida. O Rei Francisco I exibiu o seu enorme símbolo de poder e riqueza, ao convidar o seu velho inimigo, Imperador Carlos V, para Chambord.


Caerphilly Castle é um dos maiores fortalezas na Europa. Gozando de uma torre que "pende para fora", que de Pisa, o castelo também recebe visitas desde o famigerado fantasma do Green Lady.
Localizado próximo ao local de uma antiga fortificação romana, a construção de Gales' maior castelo começou em 1268, sob ordens do Anglo-Norman Lord Gilbert de Clare. A sua construção agiu como poderoso símbolo do Anglo-Norman regra e reforçado de controlo sobre a Clare's conquistado terras da Marchia Wallia. Sua magnificência, sem dúvida impressionado medo nos corações dos habitantes locais. Seu formidável pedra e água "concêntricos" defesas desde protecção do galês e, em especial contra a ameaça de Gruffydd ap Llywelyn - o Príncipe de Gales. Llywelyn lançou seu primeiro ataque contra o castelo antes mesmo de suas defesas eram completos. A fortaleza também desempenhou um papel administrativo, em substituição do tribunal local da commote como o centro de administração e cobrança das receitas. Durante toda a tarde décimo terceiro e décimo quarto século cedo, o Castelo continuou a ser o foco dos ataques Welsh. Em 1316 Llywelyn Bren um nobre de Senghenydd, levantou um exército de dez mil homens e atacou o castelo. Os atacantes não conseguiram violar suas defesas, embora grande parte da cidade foi destruída de Caerphilly. Até meados do século XIV relativa calma havia caído sobre Caerphilly e partes do Castelo foram provavelmente abandonados. No entanto, continuou a sua manutenção ao longo de todo o século XV, quando a família Beauchamp gastou uma considerável quantia em dinheiro a melhorar a sua acomodação interna. No final do século o castelo foi arrendado à família Lewis. Eles "roubaram" a sua pedra para melhorar a sua própria casa na Van Mansion. O Castelo do papel na Guerra Civil está longe de ser clara. Reputedly, a sua enorme medieval defesas foram danificadas por pólvora, mas não há evidências para apoiar esta. Além dessas defesas um earthen redoubt foi construído. Royalists ou se os deputados levantaram esta arma plataforma é novamente obscuros, como é da natureza de qualquer batalha que tenha ocorrido de fato. Na tarde do século XVIII Marquees de Bute adquiridos Caerphilly Castle, Seus descendentes iria supervisionar a sua "grande reconstrução". Restauração do Castelo começou no final do século XIX, sob a direção do imensamente ricos terceiro Marquees de Bute. Este trabalho prosseguiu ao longo do século passado sob a quarta Marquees e mais tarde do Estado. O resultado deste trabalho é extenso e minucioso do Castelo que você vê hoje.


O Palácio de Buckingham é a residência oficial da Monarquia Britânica em Londres, Inglaterra. Somado ao fato de ser a residência onde a Rainha Isabel II mora, o Palácio de Buckingham é o local de entretenimento real, base de todas as visitas oficiais de chefes de estado ao Reino Unido, e uma grande atração turística. Tem sido um ponto de religação para o povo britânico em momentos de grande alegria e de crise. No entanto, não é admirado por todos, pois foi votado como o quarto prédio mais feio de Londres em Março de 2005. O Palácio, originalmente conhecido como Casa de Buckingham (o edifício que forma o coração do atual palácio) foi uma grande casa citadina construída pelo Duque de Buckingham, em 1703, e adquirida pelo Rei George III, em 1762, como uma residêndia privada, conhecida como "A Casa da Rainha" ("The Queen's House"). Foi reformada e aumentada ao longo de 75 anos, principalmente pelos arquitetos John Nash e Edward Blore, formando três alas em volta de um pátio central. O Palácio de Buckingham tornou-se a residência oficial da Monarquia com a ascensão da Rainha Vitória em 1837. As reformas mais significativas foram feitas na Era Vitoriana, com a adição de uma grande ala em direção a leste e com a remoção de antigas entradas. A fachada Leste foi refeita em 1913 junto ao Memorial de Vitória, criando a atual fachada pública do Palácio, incluindo o famoso balcão. O desenho de interiores original, do início do século XIX, muito do qual ainda sobrevive, inclui o uso predominante de mármores de imitação brilhantemente coloridos e lápis azul e cor-de-rosa, segundo a recomendação de Sir Charles Long. O Rei Eduardo VII dirigiu uma grande redecoração no estilo Belle Époque, com um esquema de cores creme e azul. Várias pequenas salas de recepção são mobiliadas no estilo Chinoiserie, com mobiliários e equipamentos trazidos do Royal Pavilion em Brighton e da Carlton House, depois da morte do Rei Jorge IV. Os jardins públicos do Palácio são os maiores jardins privados de Londres, projectados originalmente por Capability Brown, mas redesenhado por William Townsend Ailton do "Key Gardens" e por John Nash. O grande lago artificial foi finalizado em 1828 e é abastecido pelas águas do lago Serpentine do Hyde Park. As Salas de Estado formam o núcleo do Palácio em funções e são usadas correntemente pela Rainha Isabel II e membros da Família Real para entretenimento oficial e de estado. O Palácio de Buckingham é um dos mais conhecidos edifícios do mundo e é visitado por mais de 50.000 pessoas anualmente, como convidados de banquetes, almoços, jantares, recepções e festas de jardim Reais.

Nenhum comentário:

JcSHOW

Seguidores

Onde está o rei!

JC no Youtube

Loading...

No you, it´s 4shared