quarta-feira, 26 de março de 2008

Skara Brae, ilha de Orkney - Escócia

Skara Brae é uma povoação em pedra, datada do período final do neolítico 3100 a 2500 a.c., de pescadores e agricultores. A povoação encontra-se restaurada e está aberta ao público. Skara Brae situa-se na ilha principal de Orkney na ponta norte da Escócia. Situadas no Mar do Norte o clima destas ilhas é muito severo tendo por isso uma paisagem desolada com poucas árvores.

A povoação de Skara Brae foi construída na ilha principal de Orkney, a população neolítica utilizou uma alternativa á rara madeira da área para construir a povoação: Placas de pedra. Isto permitiu um vislumbre sobre o que seria uma casa neolítica. No centro da ilha temos uma série de depressões criadas por um monte de lixo, que foram aproveitadas para a construção de oito casas, todas feitas de pedra, com um comprimento entre os 4 e os 6 metros numa área retangular com um forno central. Tendo em conta a falta de madeira julga-se que os telhados fossem feitos com as costelas de baleias, cobertas com peles de animais e depois colocada vegetação em cima para uma melhor proteção contra o clima severo.

Nas casas as lajes de pedra serviam de mobília tanto para criar prateleiras, arcas e camas que depois eram cheias com vegetação e pele de animais. Esta povoação foi abandonada por volta de 2500 a.c. a mudança de clima tornando-se mais frio e úmido terá sido a razão do abandono. Foi em 1850 exposta por uma tempestade, sendo posteriormente escavada por Vere Gordon Childe. Até hoje continua a ser alvo de estudos por parte de arqueólogos e historiadores. Atingiu em 1999 juntamente com outros locais neolíticos de Orkney o estatuto de Patrimônio da Humanidade da UNESCO.


Restauro do Patrimônio Cultural - Curso de Gestão e Prática de Obras de Conservação e Restauro do Patrimônio Cultural -Aberto o período de inscrições e seleção

Olinda, inscrições até 15dez2007 - Edital de Chamada - 8ª edição/2008
O Centro de Estudos Avançados da Conservação Integrada – CECI convida os interessados em participar da oitava edição do curso de Gestão e Prática de Obras de Conservação e Restauro do Patrimônio Cultural – Gestão de Restauro, a realizarem suas inscrições conforme orientações a seguir.

O curso de Gestão de Restauro é uma iniciativa pioneira no treinamento semi-presencial de profissionais para a manutenção, conservação e restauro do patrimônio construído. É o resultado da experiência de sete edições desenvolvidas pelo CECI, juntamente com o Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. O Curso é realizado por meio da tecnologia de EAD/Ensinar/Virtus-UFPE (Ensino à Distância), através de videoconferências e aulas presenciais em módulos específicos. Tem por objetivo a capacitação de profissionais para a gestão de obras e serviços do patrimônio construído, formando um quadro técnico capaz de realizar ações gerenciamento, execução e fiscalização de obras e serviços de manutenção, conservação e restauro. Para o mercado de trabalho, a grade atual dos cursos de formação, e da grande maioria dos cursos de especialização, não capacita arquitetos, engenheiros e técnicos para suprir as exigências de gerenciamento e de fiscalização na área da conservação do patrimônio construído. O curso Gestão de Restauro tem por meta dotar o mercado de profissionais com excelência de informações quanto às técnicas tradicionais de construção e os roteiros de procedimentos da prática, direção, execução e fiscalização de obras e serviços de manutenção, conservação e restauro.

O curso resgatou desde sua primeira edição um procedimento de transmissão de conhecimentos semelhante ao que se produzia no passado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN. O contato direto com profissionais de larga experiência em canteiro de obras e com os mestres-de-ofício e artífices assegurava o processo de transmissão de conhecimento aos mais jovens e inexperientes. Esse tipo de formação ainda é eficaz, pois o saber-fazer é forjado pelo exercício com instrutores e práticos experientes e com a assistência teórica de acadêmicos.

Didaticamente, isso assegura a rápida maturação das capacidades de aprendizado pela interação entre aluno, mestres e instrutores. O Gestão de Restauro/CECI desde 2007 agregou mais possibilidades aos alunos do curso de participar ativamente no mercado de trabalho da conservação do patrimônio construído. Trata-se da inclusão na Grade das Disciplinas do tema geração de negócios e renda - empreendedorismo, a ser desenvolvido durante o curso e no período de produção do trabalho final (Plano de Gestão e Negócio). Com o auxilio de especialistas, os alunos serão conduzidos a construir cenários de ações de trabalho com base na elaboração de um Plano de Conservação Integrada para sua edificação objeto de estudo no curso. Esta visão avançada no campo da especialização profissional tem o propósito estratégico de atender tanto a necessidade de mercado, sob o aspecto do domínio técnico e das habilidades interpessoais, quanto às demandas atuais de negócios da sociedade.

Disposições
1. O curso promoverá as seguintes atividades:
a) Embasamento teórico e prático para gestão de obras e serviços de manutenção, conservação e restauro do patrimônio construído;
b) Análise das edificações selecionadas pelos alunos – objetos de estudos;
c) Elaboração do Plano de Gestão e Negócio de uma obra ou serviço de manutenção conservação e restauro, bem com do Plano de Conservação Integrada para a edificação objeto de estudo;
d) Elaboração do Manual Prático de Manutenção, Conservação e Restauro de Edificações de Valor Cultural.
e) Experimentos e práticas em canteiro de obras durante o mês de novembro/2008, dentro dos ofícios tradicionais da construção, a escolha do aluno: cantaria, estuque, alvenaria, pintura, metais, forja, carpintaria ou marcenaria, concreto armado.
f) Viagem de estudos.
2. O Curso é composto de aulas teóricas, práticas e debates assim distribuídos com a seguinte carga horária de 390 horas:
Aulas teóricas/experimentos = 124 horas + debates 56 horas = 180horas
Aulas práticas/viagens estudos = 180 horas + viagem de estudo = 180horas
Orientações e acompanhamento do Plano ou artigo = 30 horas
Total: 390 horas
3. O curso é oferecido em módulos. Cada módulo encerra um conhecimento sobre um assunto específico dentro do quadro da capacitação do aluno para a gestão e a prática de obras de conservação e restauro. São os seguintes os módulos oferecidos:

Módulo I - Gestão de obras e serviços
Teoria da Restauração I e II
Habilidades do Gestor I, II, III e IV
Gestão de Negócios I, II
Empreendedorismo
Organização e Administração de Canteiros de Obras de Conservação e Restauro I e II
Planilhas de Orçamento

Módulo II – Teoria e experimentos dos Sistemas Construtivos
Técnicas Construtivas Luso-Brasileiras e Espanas I, II, III, IV e V
Ofício da Cantaria I, II, III e IV
Ofício da Alvenaria I, II e III
Ofício do Estuque I, II, III e IV
Ofício da Carpintaria e Marcenaria I, II e III
Ofício do Metais, Forja e Fundição I, II e III
Ofício da Pintura I e II
Concreto Armado I e II

Módulo III – Prática dos Ofícios Tradicionais
Prática de Manutenção, Conservação e Restauro em Canteiro de Obras
Viagem de Estudos

Módulo IV – Plano de Gestão/Negócio e Plano de Conservação Integrada
Produção dos planos de Gestão/Negócio e de Conservação Integrada da edificação objeto de estudo

4. Os módulos I, II e IV correspondem à parte do curso à distância (EAD), totalizando uma carga horária de 210 horas. Nestes módulos são realizadas aulas e orientações à distância, onde o aluno pode acessar no dia e hora que melhor lhe convier, bem como aulas presenciais à distância em tempo real (videoconferências) com data e hora marcadas na Sala de Aulas Virtual do CECI.

5. O módulo III refere-se à parte presencial do curso. A carga horária é de 180 horas num canteiro de obras numa cidade histórica de Pernambuco, num regime de 8 horas diárias, de 2ª à 6ª feira, durante o mês de novembro/2008.

6. O desempenho do aluno será aferido pelas seguintes avaliações:
Atividades / Peso
a) Freqüência mínima de 75% às aulas à distância 1
b) Freqüência mínima de 90% às aulas práticas 2
c) Elaboração dos planos de Gestão/Negócio e Conservação Integrada da edificação objeto de estudo 3
d) Elaboração do Manual Prático de Manutenção, Conservação e Restauro de Edificações de Valor Cultural 2
e) Prática de intervenções em um dos ofícios tradicionais da construção: cantaria, estuque, alvenaria, pintura, metais, forja, carpintaria ou marcenaria, concreto armado 2
7. Duas certificações são oferecidas ao aluno participante, a depender da sua avaliação no curso:
1. O Certificado de Participação para aquele que cumprir as cargas horárias mínimas exigidas.
2. O Certificado de Capacitação em Gestão e Prática de obras de Conservação e Restauro para aquele que, completar com sucesso as cargas horárias mínimas e obtiver média sete (7) na avaliação geral das atividades do Curso.
8. São oferecidas 30 vagas, preenchidas por ordem de classificação, priorizados os profissionais ligados a instituições públicas ou empresas atuantes na área, seguidos dos profissionais autônomos com trabalhos realizados na área, e estudantes formandos dos cursos de Arquitetura e Engenharia.

9. As aulas à distância serão ministradas na Sala de Aula Virtual do CECI no seu website: www.ceci.educacao.biz, da comunidade Gestão de Restauro, acessível ao aluno em qualquer país e a qualquer hora do dia ou da noite. As aulas presenciais práticas serão ministradas numa cidade de Pernambuco (Brasil) com a presença do aluno em canteiro de obras no mês de novembro/2008.
Inscrição - documentação

10. Devido o número limitado de participantes (30 vagas), o candidato ao curso deverá entregar a seguinte documentação para seleção:
a. Currículo contendo as informações sobre os dados pessoais e profissionais;
b. Comprovante de pagamento da Taxa de Inscrição no valor de R$ 150,00 depositado na conta do CECI – Banco do Brasil S/A n° 001, agência n° 0007-8, conta corrente n° 11.279-8, enviado por e-mail ou fax (81- 34291754);
c. Uma edificação de valor cultural, escolhida pelo candidato, que corresponderá ao contexto do aluno no curso (objeto de estudo - OE). Essa documentação deve ter a identificação da edificação, acompanhada de histórico, documentação fotográfica e gráfica (plantas, cortes e fachadas). O OE deverá ser produzido no formato A4, encadernado, e enviado para o endereço:
CECI – Gestão de Restauro
Rua Sete de Setembro, 80 Carmo Olinda PE Brasil CEP 53.020-130
A classificação na seleção atenderá aos seguintes requisitos:
i. Profissionais ligados a instituições públicas ou empresas atuantes na área;
ii. Profissionais autônomos com trabalhos realizados na área;
iii. Profissionais sem experiência na área;.
11. O valor do investimento do aluno no curso é de R$ 4.500,00 pagos da maneira seguinte:
a. R$ 150,00 taxa de inscrição e reserva de matrícula. Os candidatos que não se matricularem não serão reembolsados;
b. R$ 750,00 matrícula do aluno;
c. 10 parcelas de R$ 360,00 (fev/08 à nov/08)
Importante: Será firmado com o aluno um Termo de Adesão de modo a garantir sua plena participação no curso.
12. Para a efetivação da matrícula, o interessado deverá firmar o Termo de Adesão às condições de prestação de serviços do CECI na execução do Curso de Gestão e Prática de Obras de Conservação e Restauro do Patrimônio Cultural. CECI fone/fax +55 21 81 34291754 / 9619-2970 E-mail: restauro@ceci-br.org

Nenhum comentário:

JcSHOW

Seguidores

Onde está o rei!

JC no Youtube

Loading...

No you, it´s 4shared